+REVIEW - Hunter X Hunter (2011) - Parte 1

11:00 0

"Amigos podem seguir caminhos diferentes, mas não deixam de ser amigos!"


Agora sim! Faço deste testamento a minha primeira publicação aqui no +REVIEWS!

Atendendo aos pedidos, trago para vocês a review de mais uma obra do mestre Yoshihiro Togashi!
Ah, e se se você perdeu a nossa review de YuYu Hakusho, é só clicar aqui.

*Lembrando que, apesar de termos uma versão lançada em 2011, a obra é de 1998, portanto poderão haver spoilers do anime. Estão avisados!

Essa review será dividida em duas partes: a primeira com as características técnicas, algumas explicações e um overview dos três primeiros arcos (Exame Hunter, Mansão Zoldyck e Torre Celestial), e a parte 2 cobrindo os outros arcos (Yorkshin, Greed Island, Chimera Ants e Eleição), além da conclusão e nota. Então senta que lá vem história!


Características Técnicas

Hunter X Hunter é um mangá shounen escrito e ilustrado por Yoshihiro Togashi, conhecido também por YuYu Hakusho.
Serializado pela revista Weekly Shounen Jump da editora Shueisha desde de 3 de Março de 1998, nós temos duas versões animadas: o clássico, produzido pela Nippon Animation em 1999 com 62 episódios e três séries OVAs totalizando 30 episódios, e a versão de 2011, lançada pela Madhouse com 148 episódios, que será o foco da nossa review. 

O mangá continua sendo lançado semanalmente, apesar de estar constantemente entrando em hiatos desde 2006. 
Atualmente com 375 capítulos (contínuos semanalmente desde 28/01/2018), e 34 volumes, o mangá conta com uma legião de fãs fiéis ao redor do mundo, e está sempre entre presente nos rankings de mangás mais vendidos no Japão.

Mas porquê tantos hiatos? Pode isso, Shounen Jump?
Infelizmente, o Togashi pode, sim. Reza a lenda que, ao terminar YuYu Hakusho, Togashi começou a desenvolver vários problemas de saúde por causa da pressão constante da editora e dor fãs (insônia, ansiedade, além de sofrer até hoje com dores nas costas).
Então sua condição para lançar Hunter x Hunter, era a de ele poder entrar em hiato com a série a seu bel prazer, condição essa aceita pela editora Shueisha. Resultado: a série acabou se tornando um dos carros chefes da editora, sendo esse um dos motivos para esse "contrato" ser mantido até hoje.
Há quem diga que essa história de dor nas costas se chama Dragon Quest, mas depois de fazer seu nome no ramo com YuYu Hakusho, ele pode! 

Então vamos ao que interessa?

Ging Freecs carregando Gon ainda criança
A história começa na Ilha da Baleia nos apresentando Gon Freecs, um jovem pescador de 12 anos que foi abandonado ainda bem jovem pelo pai, Ging Freecs, que o deixou aos cuidados de sua tia Mito para seguir seu sonho de se tornar um famoso "Hunter" e explorar o mundo.

A grande motivação de Gon é encontar Ging, então ele convence sua tia a assinar a autorização para participar do Exame Hunter. E não apenas isso, Gon também tem a certeza de que ser um Hunter "deve ser a profissão mais incrível de todas, ao ponto de fazer um pai abandonar o próprio filho". E é a partir daí que a história se desenrola!


Legal, mas Hunter? Exame Hunter? O que é tudo isso?!


Licença Hunter
"Hunter" é o título dado àqueles que passam no "Exame Hunter", uma avaliação que ocorre anualmente e recompensa os candidatos com uma Licença Hunter que, de acordo com a Wiki: [...] O portador desta licença tem acesso quase ilimitado a todos os meios de transporte e moradia por vários países, além de ganhar muito prestígio.
Ele tem direito a 95% de desconto em todos os serviços, como hospedagem, alimentação, transporte, entre outros. Além disso, todos esses serviços são fornecidos em primeira classe.
Possibilidade de usar a licença como garantia de empréstimos de 100 milhões de jeni, em qualquer banco do mundo, sem juros.
Inigualável liberdade para viajar ao redor do mundo. O acesso concedido a cerca de 90% dos países que normalmente restringem a entrada de pessoas comuns, e acesso a 70% das áreas que normalmente são consideradas restritas.
Praticamente nenhuma responsabilidade jurídica por homicídio.
Ter acesso às informações de qualquer pessoa[...].

Ou seja, todos os anos, centenas de candidatos se submetem ao exame! Mas é claro, apenas alguns poucos selecionados são aprovados, já que a prova testa as capacidades físicas e de combate, além de adaptação, inteligência, conhecimento geral e etc.
Os avaliadores, os testes e locais de prova estão sempre mudando, e encontrar o lugar do exame é um dos desafios, "filtrando" os participantes.
Com isso em mente, vamos aos arcos?




Primeiro Arco: O Exame Hunter


Saindo da Ilha da Baleia em direção ao local da prova com alguns outros candidatos do exame, Gon conquista rapidamente a simpatia de todos no navio, inclusive a de seu capitão. Após uma forte tempestade, o Capitão se revela um "pré-examinador" da prova, reconhecendo as habilidades de apenas três candidatos: Gon, Kurapika e Leorio.

Somos então apresentados brevemente à eles, quando questionados sobre seus objetivos como Hunters. Gon, como já sabemos, sonha em encontar seu pai; Kurapika, o único sobrevivente da tribo Kuruta, busca vingança contra aqueles que massacraram seus companheiros; e Leorio diz se importar apenas com o dinheiro.


Kurapika e Leorio se estranham na mesma hora, mas depois de trabalharem juntos salvando Gon, deixam suas diferenças de lado e se juntam ao garoto (ainda se alfinetando aqui e ali, claro!). 



"Você não pode comprar classe com dinheiro, Leorio."

Passando por mais alguns desafios ao saírem do barco, eles finalmente chegam ao local do exame. Durante a primeira prova, Gon conhece Killua, um garoto da sua idade, e os dois se tornam amigos imediatamente. Killua conta que é o membro de uma família de assassinos, e estava participando do exame simplesmente por estar entediado.

 
Gon e Killua na primeira prova
Além disso, descobrimos um pouco mais da história de Kurapika, quando ele revela a Leorio que sua tribo havia sido dizimada por seus "Olhos Escarlate". Quando sentem fortes emoções, como a raiva, seus olhos se tornam um vermelho vibrante, e a cor se mantêm se o Kuruta for morto nesse estado. Valendo uma fortuna, o Genei Ryodan, um grupo de mercenários assassinos, arrancou os olhos de todos os membros de tribo, e os vendeu à colecionadores no mercado negro.

Já Leorio revela que quer o dinheiro para poder pagar sua faculdade de medicina, e ser rico o suficiente para não precisar cobrar nenhum paciente, depois de perder seu melhor amigo para uma doença tratável.
  
Somos apresentados também à Hisoka, um "mágico" de aura sinistra que havia sido desclassificado da prova no ano anterior por ter matado um dos examinadores!

Passando por várias provas, de sobrevivência na selva à fazer sushi, a penúltima fase finalmente se aproxima. Os candidatos terão que ficar durante uma semana em uma ilha, depois de sortear o número de seu alvo! São necessários 6 pontos para passar: seu próprio número valendo 3 pontos, o número de seu alvo valendo 3, e qualquer outro número por 1 ponto.
Kurapika e Killua conseguem os seus 6 pontos rapidamente, mas o alvo de Gon é ninguem menos que Hisoka! Bolando um plano e o praticando por dias, Gon rouba seu número enquanto Hisoka ataca outro candidato, mas é atingido por quem o estava caçando. E quem aparece para salvá-lo? Sim, o próprio Hisoka! Não aceitando a "piedade" do mágico, Gon tenta atacá-lo, mas é facilmente derrotado por ele. Gon consegue seus 6 pontos, mas fica insatisfeito com sua própria fraqueza, e promete devolver o número à Hisoka quando for forte o suficiente para socá-lo de volta! 
Junto com Kurapika, Gon ajuda Leorio a conseguir os 6 pontos, e os quatro se classificam para a última fase.

A última prova é um torneio organizado pelo presidente da associação Hunter, Isaac Netero. Quem ganhar sua luta, está automaticamente aprovado, mas é proibido matar seu adversário. Se isso ocorrer, o assassino estará desclassificado e todos os outros passam, independente do resultado de suas lutas. Aqueles com os melhores resultados durante as provas anteriores teriam mais chances de lutar, logo com mais chances de serem aprovados. Como matar não é permitido,a única forma de vencer é fazer o oponente admitir sua derrota!


Tabela organizada pelo presidente Netero

Gon luta com o ninja Hanzo. Na verdade, ele não luta: ele apanha. Muito. 
Mas Gon se mantém firme e se recusa a admitir a derrota, mesmo depois de ter seu braço quebrado! Hanzo, impressionado com a sua força de vontade e vendo que seria impossível fazer o garoto desistir, é quem acaba admitindo derrota, e Gon é o primeiro aprovado no exame! E depois ele cai duro de cansaço e dor.

Gon acorda algumas horas depois com Satotsu, o examinador da primeira fase, que o parabeniza e conta como se desenrolaram as lutas. Kurapika luta com Hisoka que, após alguns minutos, sussurra alguma coisa em seu ouvido, e desiste logo em seguida. Hanzo vence Pokkle (nº 53, do turbante rosa), e Hisoka vence Bodoro (nº191). É a vez de Killua, que não vê em Pokkle um oponente à altura, e desiste da luta! Na sua vez, Leorio pede para Killua ir na frente, já que Bodoro ainda estava se recuperando de sua luta contra Hisoka.

Killua e Illumi
Killua enfrenta Gitarakuru (nº 301), aliado de Hisoka (mostrado na penúltima fase do exame), que revela ter sua aparência modificada pelas agulhas em seu rosto. Ele é na verdade Illumi Zoldyck, irmão mais velho de Killua, que estava atrás de uma licença Hunter para um de seus trabalhos, e se disfarçou como Gitarakuru para poder ficar de olho em Killua, já que o mesmo havia fugido de casa para participar do exame.

Illumi é um personagem complexo. Ele ama o Killua? Claro que ama, eles são irmãos. Mas é um amor possessivo, onde ele tenta cortar qualquer laço que Killua possa a ter com qualquer um que não seja da família, além de cuidar de seu treinamento. E o resultado é apenas um na cabeça de Killua: medo. Então, ao se ver em frente ao irmão, ele desiste da luta.

Quando finalmente chega a luta de Leorio, Killua, transtornado pelo encontro com o irmão, mata Bodoro e é desclassificado do exame.

Recuperado, Gon se encontra com os outros aprovados do exame, e confronta Illumi sobre o paradeiro de Killua, que havia voltado pra casa aceitando ser castigado por ter fugido.
Preocupado com seu amigo, Gon, acompanhado de Kurapika e Leorio e com as vantagens da licença hunter, vai até a mansão Zoldyck!
 


Segundo Arco: Família Zoldyck

O quão difícil é achar a mansão da maior família de assassinos no mundo? Não muito, quando o próprio Illumi, certo de sua influência sobre o irmão, diz a Gon que a mansão dica no topo da Montanha Kukuru. E mais fácil ainda quando os portões da mansão são uma atração turística da cidade, com direito à caravana e tudo!


A humilde residência dos Zoldyck


Do portão pra dentro, a história já é outra. Quem guarda o território além dos portões é Mike, o cão de guarda da família que, diferentemente dos cães comuns, é desprovido de qualquer sentimento, e segue apenas uma ordem: matar qualquer um que entre por qualquer outro modo que não as "Portas do Desafio".
Mas estão é só entrar, certo? Sim, bem fácil! Só tem um pequeno detalhe: são sete portões, sendo que o primeiro pesa 2 TONELADAS de cada lado, e só se abre com ambos empurrados simultaneamente. Ou seja, é preciso empurrar quatro toneladas para passar pelo primeiro portão e ter acesso à mansão. Como é um desafio, cada portão pesa o dobro do anterior, com o sétimo portão pesando 256T.

Após alguns dias treinando com o porteiro Zebulo, eles finalmente passam pelos portões, mas se deparam com outro problema: os mordomos da família, que tinham ordens de não permitir o contato de Killua com seus amigos.
Entre eles temos Canaria, que resiste em um primeiro momento, mas percebe o quanto eles são importantes para Killua e os deixa passar, contrariando as ordens da família, e Gotoh que mesmo não dizendo, tem muito carinho por Killua, assim como Canaria. 

Dentro da mansão, Killua está sendo torturado por vontade própria pelo irmão Milluki (o otaku fedido da família, bem gente como a gente), enquanto aguenta o escândalo de sua mãe, Kikyo, por ter fugido de casa. Uma linda família.
Seu avô Zeno intervém, liberando Killua de seu "castigo". Chamado por seu pai Silva antes de partir, eles tem uma conversa sobre amizades. Killua vai embora, dessa vez com autorização, e promete a seu pai que nunca trairia seus amigos.

Os quatro finalmente se encontram, e Gon decide ir atrás de Hisoka para pagar sua dívida. Kurapika diz então que sabe do paradeiro do mágico: durante a luta da útima fase, o mesmo sussurrou em seu ouvido que tinha informações da "aranha" (Genei Ryodan), e que o encontraria em 1º de Setembro na cidade de Yorkshin. Com a promessa de se encontrarem novamente nesse dia, cada um segue com sua jornada: Kurapika vai em busca de trabalho como Hunter, Leorio começa seus estudos e Gon, agora com Killua ao seu lado,quer treinar e ficar mais forte, para encarar Hisoka novamente.

Terceiro Arco: A Torre Celestial


Indo direto ao ponto: o objetivo aqui é nos introduzir ao NEN, o famoso "poderzinho" presente em 99% dos Shounen (como Ki, Chakra, Reiatsu...), com uma diferença: o NEN é complexo. MUITO complexo!


Como o objetivo do Gon é ficar mais forte, Killua o leva na Torre Celestial, um prédio de 251 andares, onde ocorrem lutas 1x1 escalonadas de acordo com a dificuldade. Conforme você vence, é possível acessar os andares superiores da torre, com oponentes mais difíceis e prêmios em dinheiro. Passando pelos andares baixos sem maiores dificuldades, eles se encontram com Zushi um garotinho estudante do tal Nen e seu mestre Wing, que aceita treinar Gon e Killua também, dizendo que todos os participantes do andar 150 em diante eram usuários talentosos e seria fatal encará-los sem treinamento.

E o que exatamente é o Nen?
Nen é a técnica que permite a manipulação da própria aura. O processo de aprendizado é normalmente lento, como o treinamento de Zushi, mas um bom professor consegue forçar a abertura dos "poros" de alma, método que Wing utiliza em Gon e Killua. Capazes agora de ver a própria aura, eles começam o treinamento dos quatro princípios básicos:

Os seis tipos de aura

Ten: é a capacidade de controlar a aura ao redor do corpo como um escudo, não permitindo o "vazamento" da mesma;
Zetsu: é o bloqueio de aura, servindo como uma camuflagem; 
Ren: projeção explosiva de aura, amplificando a força e durabilidade do usuário;
Hatsu: a habilidade pessoal de cada usuário, de acordo com sua individualidade. 


Cada indivíduo possui um tipo de aura, e o teste é feito aplicando o Ren em um copo d'agua com uma folha em cima. A reação da água determina o tipo de aura do indivíduo:


  • Se o volume de água mudar, o usuário é um FORTIFICADOR, capaz de fortalecer a si mesmo ou outros objetos;
  • Se o gosto da água mudar, o usuário é um TRANSMUTADOR, capaz de mudar a qualidade da aura para algum outro tipo;
  • Se aparecerem impurezas na água, o usuário é um CONJURADOR, capaz conjurar objetos a partir da aura;
  • Se a folha se mover, o usuário é um MANIPULADOR, capaz de controlar objetos animados e inanimados;
  • Se a cor da água mudar, o usuário é um EMISSOR, capaz de projetar a aura para além do corpo;
  • Se o resultado for completamente diferente, o usuário é um ESPECIALISTA, com uma aura diferente e imprevisível; o resultado do teste é uma dica do que se esperar do hatsu desse indivíduo.   

Praticando diariamente o Ten, Zetsu e Ren, descobrindo sua qualidade de aura (Gon é um fortificador, enquanto Killua é um transmutador) e melhorando sua habilidade contra outros usuários nos andares mais altos, os garotos chegam ao andar 200! Mas nem tudo são flores, e quem está esperando por eles é ninguém menos que o Hisoka, que aceita lutar com Gon após ele conseguir uma vitória nesse andar!
 
Hisoka com sua tatuagem do Genei Ryodan
Enquanto Gon se prepara para sua luta, Hisoka enfrenta Kastro, um "rival" que queria uma revanche. A luta é intensa, mas Kastro é derrotado. Como consequência, Hisoka perde os braços, mas contrata Machi, membro do Genei Ryodan, para costurá-los de volta com seu Hatsu de linhas regenerativas. Mas como o Hisoka conhece ela? Bem, é porque ele também é um membro da aranha.

Com o vídeo da luta em mãos, Gon, Killua e Wing analisam tudo com "GYO" (uma variação do Ren que foca a aura em uma parte específica do corpo, nesse caso nos olhos), descobrindo que Hisoka é um transmutador, transformando sua aura em um tipo de chiclete!
Mesmo preparado para a luta e sabendo do Hatsu de Hisoka, Gon é derrotado, mas cumpre com seu objetivo:


Soco bonito, soco bem dado!


E aqui termina essa primeira parte dessa giga review! Gostaram do formato? Cansaram? Dormiram?
Dê o feedback aí embaixo!

OBS: Decidi dividir nesse ponto da história não só pelo tamanho (me empolguei, eu sei), mas pelas mudanças que o anime sofre depois da apresentação do Nen. O começo é bem morno, com introdução de personagens e aquele ar de shounen padrão, mas não se engane: Hunter x Hunter é MUITO mais que isso. 

Duvidou? Então fica de olho e prepara o lencinho que a parte 2 sai dia 21 de Março!

Ou não, vai que eu me inspiro no Togashi e entro em hiato ¯\_(ツ)_/¯


Mas ein?!
E aí, gostaram? Acharam que faltou algo? Qualquer elogio, crítica ou sugestão é bem vido. 

0 Comentários para "+REVIEW - Hunter X Hunter (2011) - Parte 1"