+IMPRESSÕES - Temporada de Animes (Inverno 2018) - Parte 3 / FINAL

11:00 0

Temporada de Animes (Inverno 2018)
E vamos a última parte!



download (1)Killing Bites

Estilo: Ação, Sci-Fi, Ecchi
Origem: Mangá
Estúdio: Liden Films (Yamada-kun to 7-nin no Majo, Arslan Senki)
Lançamento: 13 Jan. 2018
Disponível em: Amazon Prime
Sinopse: As pessoas criaram seres híbridos de humano-animal, e poderosas empresas apostam no resultado de seus duelos. Os conhecidos do estudante colegial Nomoto Yuuya pedem para ele levá-los para pegarem mulheres, o que ele logo descobre meios pela força. A garoa que eles sequestram é uma híbrido animal-humano chamada Hitomo, que mata todos eles, exceto o Yuuya. Hitomi é um Ratel, do qual já foi clamado como o mais destemido dos animais. Agora, Hitomi é designada a ficar com o Yuuya, para sua proteção! (por Animes HD)

Impressões: Esse é o único anime ecchi (real) da temporada, já que infelizmente é uma categoria em escassez no atual momento dos animes. Mesmo sendo o “único” representante da categoria, Killing Bites consegue surpreender pelo bom enredo, ação frenética, e o ecchi, claro. Tudo na medida certa, pelo menos entre os 4 episódios que assisti. Entretanto, por mais que o ecchi esteja lá, ele não é o foco da obra. Então, não espere garotas sem roupa sem motivos aparentes (por mais que tenha nudez), harém(ns), um protagonista tarado, ou algo do tipo. Claro que existem algumas cenas mais sensuais, piadas, ou momentos cômicos aqui, ou lá, mas o foco total são as batalhas, ou Killing Bites, como já diz o título do anime.

Olha só que fofura <3
A animação e adaptação fica à cargo do estúdio Liden Films, que já foi ótimas (como Yamada-Kun and the Seven Witches) e horrorosas (como o Berserk em CG), felizmente a animação de Killing Bites é até que fluída e bem detalhada, pelo menos até o momento. A OST boa, focada em um tema mais de J-Rock, principalmente nas batalhas. Curiosamente a abertura e encerramento, são focadas no J-Pop, mas ainda sim, de boa qualidade. Se você gosta de uma boa obra de ação com uma dose de ecchi, vale a pena checar. 8/10

c21ffa8c6fd71b223ca94ca2980fd380Ito Junji: Collection

Estilo: Drama, Horror, Mistério, Psicológico, Sobrenatural
Origem: Mangá
Estúdio: Studio Deen (Konosuba, Fate/Stay Night)
Lançamento: 05 Jan. 2018
Disponível em: Crunchyroll
Sinopse: As obras de um dos maiores artistas de mangá de horror do Japão, Junji Ito, finalmente são animadas! Esta animação será uma coletânea, onde cada episódio estrelará protagonistas diferentes, como os famosos Tomie, Soichi, e Fuchi! (por Animes HD)

Impressões: Um clássico dos clássicos. FINALMENTE adaptaram as obras de Ito Junji para anime, não sei por que de demorarem tanto para tal, mas finalmente saiu.Se você não conhece Ito Junji, ele é conhecido mundialmente por suas diversas obras bizarras e assustadoras. Sério, a criatividade desse cara é assustadora de verdade. O anime foi feito adaptando as obras mais famosas, porém de modo aleatório, sendo dois por episódio. Por isso, não há compromisso em assisti-lo focando em uma história, já que cada episódio conta seus próprios enredos bizarros.
O estúdio Deen ficou responsável pela adaptação, e até o momento não merece nada mais, nada menos, que parabéns. TUDO, foi fielmente adaptado, dos traços a história, você realmente se sente vendo algo que foi criado por Ito Junji. A OST (incluindo a OP e ED)  também merece parabéns, possuindo um tema pesado e “dark”, entrando em harmonia total com as loucuras mostradas no anime. Se você gosta de obras de horror, suspense, e de coisas no mínimo estranhas, esse anime é pra você! 8,5/10

6807834fly1fmr3kwlnw5j20r810lh25Ryuuou no Oshigoto!

Estilo: Slice of Life, Comédia, Jogo
Origem: Light Novel
Estúdio: Project No.9 (Netoge no Yome wa Onnanoko ja Nai to Omotta?)
Lançamento: 08 Jan. 2018
Disponível em: Crunchyroll
Sinopse:  Yaichi Kuzuryuu, de 16 anos, o campeão mais forte da história do Shogi, o ‘Ryuuou’, está preso em casa quando é visitado por uma garota de 9 anos, Ai Hinazuru. Para qual propósito ela pretende ser sua “discípula”? Além disso, por alguns motivos estranhos, eles estão vivendo juntos!

Impressões: Seguindo a regra que um dia vão existir animes/mangás de “tudo”, aqui está mais um exemplo disso. Um anime de Shogi lolicon. Por mais que a obra trate de um assunto típicamente Japones, e seja um pouco difícil entender exatamente o que se passa nos jogos de Shogi, a obra faz questão de simplificar para os espectadores que não entendem P$%@ nenhuma desse jogo (tipo eu). O anime também apresenta uma boa dose de comédia, porém indo pra um lado mais lolicon (na comédia só, calma), o que pode não agradar todas as pessoas, aqui no ocidente, em maioria. Em geral, é “só” um Slice of Life de Shogi, onde o clímax deve ser onde a aprendiz vence algum campeonato. É uma obra que diverte, porém que não deve ser “maratonada”.
Como é um anime de Shougi, a animação não precisa ser lá muito especial, ou detalhada. E realmente não é. Dentro das proporções da obra, tudo está dentro dos conformes. O mesmo serve para a OST, que alterna bem temas mais leves (em cenas de comédia), e mais pesadas (cenas tristes ou tensão). A abertura e encerramentos são Ok, nada de especial. Recomendado pra quem curte comédia e/ou slice of life com uma história por trás. 7,5/10

download (2)Saiki Kusuo no Psi-Nan 2

Estilo: Comédia, Escolar, Sobrenatural
Origem: Mangá
Estúdio: Egg Firm / J.C. Staff (UQ Holder, Zero no Tsukaima)
Lançamento: 06 Jan. 2018
Disponível em: Não disponível oficialmente.
Sinopse:  Segunda temporada de Saiki Kusuo no Psi-Nan.

Impressões: Esse é tão bom que fica difícil de explicar, principalmente por causa de sua aleatoriedade. Pra quem não viu a primeira temporada (que já devia ter visto), esse anime conta sobre o jovem Saiki tentando viver sua vida pacata e pacífica no ensino médio. O único problema é: Saiki é um ser com superpoderes extremamente OP, e ele sempre acaba sendo obrigado a utiliza-los para escapar das diversas situações que aparecem. O anime é baseado em curtas histórias (muito)aleatórias, sendo cerca de 4 a 6 mini-histórias por episódio, e elas são SENSACIONAIS. Por mais que comédia seja algo relativo, eu acho pouco provável que esse anime não vá conseguir tirar nenhuma risada de você. Os personagens, as histórias, tudo é ridiculamente bem bolado para ficar engraçado. Não é atoa que ganhou como anime de comédia de 2016, ganhando a continuação esse ano.
Pra quem viu a primeira temporada: Há um easter egg
A animação é feita pela J.C Staff com assistência da Egg Firm, e ela fica alternando entre bons traços e traços zoados intencionalmente (sendo que alguns personagens já tem os traços zoados por natureza), mas sempre mantendo uma boa fluidez. A OST é sempre leve e engraçada para combinar com anime, isso serve para a abertura e encerramento também 9/10

Toji_no_MikoToji no Miko

Estilo: Ação, Fantasia
Origem: Original
Estúdio: Studio Gokumi (Tsurezure Children, Seiren)
Lançamento: 05 Jan. 2018
Disponível em: Crunchyroll
Sinopse: Desde tempos antigos, sacerdotisas Kannagi usam suas espadas, as Okatanas, para exorcizar as Aratama, criaturas que existem para causar o caos no mundo terreno. Essas sacerdotisas são denominadas Tojis – uma força-tarefa especial da polícia. Por serem oficiais do governo, elas têm permissão de portar suas Okatanas consigo, mas em sua maioria são adolescentes que frequentam uma das cinco escolas de treinamento do país. Embora levem uma vida escolar normal na maior parte do tempo, quando recebem uma missão, elas desembainham suas Okatanas e desferem seus poderes, lutando para proteger a humanidade. (por Animes HD)

Impressões:  Vou assisti-lo até o fim para ver algo mais impressionante acontece, mas até agora é um anime que não mostrou para o que veio. Infelizmente, os personagens são fracos, a história é superficial demais, e os inimigos também não são lá grande coisa. Eu vejo como ponto positivo os combates, que são bem animados, além de existir uma boa diversidade de poderes e golpes, por mais que grande maioria das personagens usem espadas (ou okatanas). Também há o fato de todos os personagens serem garotas/mulheres, o que (querendo ou não), acaba sendo um fator limite de alcance ao público que aceite esse tipo de obra.
Como mencionei acima, a animação é bem fluída e muito bem desenhada, principalmente nos combates, mas também não espere nada espetacular fora isso. A OST é tão medíocre quanto o anime em geral, faltando emoção nas cenas de combate e também nas mais “tristes”. 6/10

Apwvryh8vaN6KEdAcfdcw32ibJSlow Start

Estilo: Slice of Life, Comédia, Escolar
Origem: 4-Koma Mangá
Estúdio: A-1 Pictures (Sword Art Online, Fairy Tail)
Lançamento: 07 Jan. 2018
Disponível em: Crunchyroll
Sinopse: Hana Ichinose é uma garota muito tímida e introvertida, prestes a entrar no colegial na próxima primavera. Depois de ser obrigada a sair da casa dos pais por um imprevisto, ela passa a morar no apartamento de seu primo, Shion, no Temari Heights.
Uma nova escola, uma nova vida, e novas e maravilhosas amizades. À medida que Hana se abre para as pessoas ao seu redor, sua vida começa a ser povoada de excitantes e divertidos momentos, desde brincar como uma criança até sentir as ansiedades da vida adulta…
Uma adorável e cativante história sobre amadurecer… bem devagar.
(por Animes Orion)

Impressões: Outro Slice of Life com comédia da temporada. Infelizmente eu considero Slow Start o pior deles até aqui. Não me entenda mal, ele cumpre todo seu papel. Algumas Personagens carismáticas, cenas engraçadas, e a pacata vida escolar japonesa estão lá. Porém, há coisas que pelo menos pra mim, não fazem sentido (somente assistindo para entender).
A A-1 Pictures ficou responsável pela animação, e esse é um estúdio que costuma focar a qualidade em somente uma obra por temporada, as outras saem em qualidade mediana.E como o carro chefe da A-1 essa temporada é DarlingFRA, obviamente slow start não recebeu a atenção máxima. Entretanto, para um anime desse tipo de gênero não faz tanta falta. A OST combina com a obra, apesar de ser mediana, e não ser o meu tipo.
Enfim, o que quero dizer é que existem outros na temporada que são melhores que esse. É simplesmente uma questão de escolha, a não ser que você goste muito de Slice of Lifes , senão, é melhor checar outra opção. 6,5/10

Ramen Daisuki Koizumi-sanRamen Daisuki Koizumi-San

Estilo: Slice of Life, Comédia
Origem: 4-Koma Mangá
Estúdio: Studio Gokumi (Tsurezure Children, Seiren)
Lançamento: 04 Jan. 2018
Disponível em: Crunchyroll
Sinopse: 
Uma garota fria, que quase não fala… Koizumi, a misteriosa estudante transferida, não se dá muito bem com os outros, mas quando o assunto é ramen, ela é uma profissional, sempre em busca de ramens deliciosos todos os dias.


Impressões: Esse é mais um que sustenta a frase “vão existir animes de tudo um dia”. Como já resumido na sinopse, é um anime focado na fria e robótica Koizomi (Kuudere), que muda totalmente de personalidade ao comer seus preciosos Ramens, em seus mais vários sabores, em diversos locais. Apesar de deixar com uma baita fome (não assista de estômago vazio), é um anime que lhe ensina bastante sobre a tradição japonesa com Ramens, e de que existem variados deles.
Você encararia um Ramen ultra apimentado?
A animação também é dentro dos padrões, e totalmente normal para animes Slice of Life, apesar dos Ramens serem muito mais detalhados que o resto(já que eles são o tema da obra, faz sentido). O mesmo serve para a OST, que não é lá muito relevante para obras assim. 7,5/10

Nanatsu_no_BitokuNanatsu no Bitoku

Estilo: Ecchi, Fantasia
Origem: Original
Estúdio: Bridge (Seisen Cerberus, Nobunagun) 
Lançamento: 27 Jan. 2018
Disponível em: Não disponível oficialmente.
Sinopse:  Os eventos acontecem na mesma linha do tempo de Sin: Nanatsu no Taizai. Nanatsu no Bitoku segue o grupo de anjos enviados do céu para buscar um potencial “salvador” para contra atacar a influência demoníaca espalhada por Lúcifer e outros emissários do inferno.



Impressões: O “outro” ecchi da temporada. Por que das aspas? Porque o anime não tem sequer 5 minutos (considerando os 30 segundos do encerramento, deve dar uns 4 Minutos mesmo). Tirando a duração ridícula, esse é o único ecchi pesado da temporada, onde mostrar as 7 “Anjas” peladas ou com pouca roupa em poses sensuais é o foco total (esqueça essa história no fundo ai de derrotar lúcifer).
Acreditem se quiser: Essa é Miguel (ou Michael)
E essa Uriel
O estúdio Bridge ficou responsável pela animação, e ela não é nada mais que mediana, assim como todos os outros deles até hoje. Porém, isso já é o suficiente para o fan service da galera.
Se não curte ecchis pesados e/ou focados no fan service, passe longe desse anime. Se é a sua praia, aproveite, só não exagere. ( ͡° ͜ʖ ͡°)  7/10


E essas foram as impressões da temporada de Janeiro (Inverno) pessoal! Os 3 posts deram um baita de um trabalho, portanto comentem, compartilhem, divulguem o máximo que conseguirem. Nós agradecemos!



E aí, gostaram? Acharam ruim? Sentiram que faltou algo? Qualquer elogio, crítica e sugestão é sempre bem vinda!

0 Comentários para "+IMPRESSÕES - Temporada de Animes (Inverno 2018) - Parte 3 / FINAL"