+REVIEW - Left 4 Dead 1 e 2

15:00 0

Matar zumbis com os amigos nunca foi tão divertido

Matar zumbis com os amigos nunca foi tão divertido



**Postagem revisada**

Olá!

Hoje estou aqui para a review de um jogo que já pode ser considerado um clássico, pelo tamanho sucesso que fez, e faz, pois ainda é um dos mais ativos e jogados nos PCs. Sim! A review de hoje é sobre Left 4 Dead!

Left 4 Dead é um jogo FPS com toque de survivor horror, desenvolvido pela Turtle Rock Studios e publicado pela gloriosa Valve Corporation em 2008 para PC, Xbox 360 e PS3.

A história conta sobre um mundo que vive no caos após uma infestação de infectados(não são zumbis!) atingir praticamente todo o planeta (ou só nos EUA, porque para eles, mundo = EUA) causando uma pandemia. Em meio a esse ambiente onde sobreviver é o principal objetivo, quatro sobreviventes e protagonistas principais do jogo lutam para escapar desse caos enfrentando todos os infectados que aparecerem em seus caminhos. E essa "história" acaba ai, não há um enredo ou trama para Left 4 Dead.

Os 4 personagens principais são:

  • Francis: O motociclista fora da lei
  • Bill: O veterano da guerra do Vietnã
  • Zoey: A estudante universitária
  • Louis: O gerente de contas.

Bill, Zoey, Louis e Francis


Por mais que haja uma grande diferença nas descrições dos personagens, eles tem capacidades iguais em qualquer coisa referente ao jogo (atirar, agachar, mirar e etc..) não havendo diferenças em termos de jogabilidades.

Também é notável que esses quatro juntos provavelmente são mais casca-grossa que um esquadrão militar inteiro, fazendo coisas que nenhum outro ser humano normal seria capaz de fazer com tanta facilidade (Por que qualquer um é capaz de lançar granadas com uma penca de zumbis vindo atrás de você dentro de um prédio. Super tranquilo). Sobre aberrações, Left 4 Dead se diferencia dos outros jogos de "zumbis" normais por existir classes especiais de infectados.

O jogo possui 5 infectados especiais que são:


  • Boomer: Se origina de uma pessoa obesa. Com isso, boomer tem a capacidade vomitar nos sobreviventes tirando sua capacidade de visão e os deixando com um cheiro que atrai todos os outros infectados normais temporariamente.
  • Hunter: É originário de um infectado normal que acaba sofrendo algum tipo de mutação, lhe concedendo uma tremenda agilidade, garras e força nas pernas. Ele ataca com um modo de pular que lembra bastante a de um sapo (porém, bem mais rápido) derrubando o sobrevivente e o atacando com suas garras.
  • Smoker: É um infectado originário de um humano que era fumante, possuindo seis longas línguas que as usa para agarras os sobreviventes e traze-los até ele para espancá-los
  • Tank: É um infectado "boss" do jogo, sendo derivado de um humano que era muito musculoso (estilo Leo Stronda). Seu poder é utilizar a força bruta, sendo que um soco tira no mínimo metade da sua vida (isso na dificuldade no normal). Ele também é capaz de arrancar pedaços de pedra/concreto do chão para atirar em você, e também virar carros, vans e etc, que caso seja acertado por um, você é derrubado na hora.
  • Witch: É a única infectada mulher especial do primeiro jogo. Somente ataca de maneira reativa, ou seja, só se for incomodada. Sua característica é ficar chorando sentada no chão, e se passar muito perto ou mirar a lanterna em sua direção, é sinônimo de querer morrer. Também é a única infectada especial não-jogável.

Smoker, Tank, Boomer e Hunter


Todos os infectados possuem uma vinheta durante sua aparição e fazem um som característico para que o jogador perceba que há um inimigo especial por perto. Os infectados também são jogáveis (somente em modo multiplayer) na maioria dos modos de jogo, sempre sendo o time dos sobreviventes vs infectados.

No modo principal de jogo, a Campanha, o jogador deve escolher fases/cenários (escolhendo uma ordem cronológica ou não) onde seu objetivo é encontrar uma sala segura e na fase final os sobreviventes devem aguardar o resgate ou fazer sua própria fuga usando veículos enquanto lutam com algumas ordas de infectados. Sendo que no segundo caso, o jogador deve fazer coletar um número especificado de galões de gasolina para poder escapar. Caso esteja, no multijogador, seu objetivo é o oposto: Infernizar e impedir o objetivo dos sobreviventes antes de concluírem a fase e a campanha.

Left 4 Dead oferece um excelente arsenal de armas e itens para ajudar o jogador, que vão desde panelas até lança granadas. Os itens variam desde kits médicos até jarras de vômito(sim, do boomer). A trilha sonora é praticamente nula para que o jogador escute o ambiente e seus inimigos a volta, o que é realmente crucial.
A jogabilidade é boa e simples, não sendo uma dificuldade de se adaptar. Se você é um jogador de FPS causal ou viciado não terá dificuldade nenhuma. Os comandos são básicos de um FPS, você pode andar, pular, usar lanterna, agachar e distribuir coronhadas.


Também possui um grande número de modos de jogo, como os tradicionais Campanha e Versus, porém também possui os modos Survival (Sobreviver o maior tempo possível), Realism (Campanha com efeitos de realismo ativado, como por exemplo, não ver a localização dos jogadores através das paredes), Realism Versus (A mesma coisa, só que com Multiplayer online), Scavenge (Os sobreviventes procuram gasolina para abastecer o gerador/carro e etc, enquanto os infectados tentam impedir) e Mutation (Vários modos de jogo especiais que mudam a cada semana escolhido pelo blog do L4D2 oficial. Na maioria das vezes utiliza modos feitos pela comunidade Steam/Xbox Live)

Multiplayer realmente é o forte de Left 4 Dead (1 e 2), sendo extremamente divertido principalmente entre amigos, seja jogando como zumbi ou como sobrevivente, a diversão é garantida.



Em 2009, é lançado a continuação chamada de Left 4 Dead 2 desta vez, totalmente produzido pela Valve, que trazia algumas melhorias a série e a adição de novos personagens e inimigos.

A história, jogabilidade, modos de jogo, armas, itens são praticamente os mesmos, possuindo apenas algumas melhorias e adições. Por tanto não é necessário comentar novamente sobre isso.

Os novos personagens da série são:

  • Coach: O treinador de futebol americano.
  • Nick: O jogador sarcástico e vigarista.
  • Rochelle: A assistente de produção.
  • Ellis: O mecânico simpático e brincalhão.
Nick, Rochelle, Coach e Ellis


Também foram adicionados 3 novos infectados especiais, que são:


  • Charger: Provavelmente originário de humanos que participavam de quedas de braço ou de viciados em cinco contra um.
  • Spitter: Um infectado do sexo feminino normal que acabou passando por uma mutação que desenvolve a produção do ácido estomacal verde, cuspindo bolas de ácido nos sobreviventes causando bastante dano.
  • Jockey: Provável que tenha sido derviado de um humano anão infectado. Anda de uma maneira corcunda sempre com uma risada bizarra. Seu ataque é pular nas costas do sobrevivente o atacando com suas garras enquanto o leva para perto dos infectados normais, já que o sobrevivente perde o controle enquanto está sendo atacado.
Charger, Boomer feminina, Jockey e Spitter.

Left 4 Dead 2 também recebeu todos os mapas de Left 4 Dead 1 com os personagens originais e mais outros mapas inéditos gratuitamente no PC, (No Xbox 360 e PS3, infelizmente todo conteúdo adicional é cobrado) praticamente extinguindo o multiplayer do primeiro jogo.

Resumo da Obra: Left 4 Dead é um excelente jogo para se jogar com AMIGOS. Possui personagens OK, porém nada de fantásticos, uma jogabilidade boa já que usa a mesma engine e recursos de Counter Strike, facilitando a adaptação. Porém a engine Source já era considerada defasada na época de lançamento de L4D1 há 7 anos atrás, o que gerou criticas negativas nesse quesito. Os inimigos impressionantemente são mais marcantes/carismáticos que os próprios protagonistas em geral, sendo hoje em dia referência para outros jogos do gênero.Vale a pena ser jogado com uma galera (de preferência 8), pois a diversão com certeza será garantida. Jogar sozinho acaba sendo repetitivo, o que faz você cansar facilmente após perder uma fase, por exemplo.

Pontos Positivos:
  • Extremamente divertido jogando com amigos.
  • Armas de todos os estilos e gostos.
  • Para quem curte carnificina, é um prato cheio.
  • Inimigos bizarros e diversos.
  • Bons modos de jogo.

Pontos Negativos:
  • Falta de uma história pesa.
  • Jogar sozinho te cansa facilmente.
  • Gráficos ultrapassados.


Minhas Notas:

Left 4 Dead - 8,0/10
Left 4 Dead 2 - 8,5/10

Geral - 8,2/10


E ai, gostaram? Acharam que faltou algo? Qualquer elogio, crítica e sugestão é bem vinda!


0 Comentários para "+REVIEW - Left 4 Dead 1 e 2"