+REVIEW - Elfen Lied

14:00 0
Armas de guerra podem conviver com a humanidade?
Armas de guerra podem conviver com a humanidade?


**** Postagem reutilizada e revisada - Originalmente lançada em 12/07/15 ****  

Estarei comentando sobre a adaptação do anime para série, já que infelizmente não pude ler o mangá.
Eu pesquisei na Internet e descobri que o anime não segue exatamente o mangá, tendo várias adaptações e cortes, além de também possuir diferenças visuais dos personagens, como cor de cabelo, olhos e etc. Bem, agora vamos ao enredo!

Elfen Lied conta a história de seres que são considerados a evolução da humanidade, os Dicornius (Diclonius). Elas tem basicamente a mesma forma física de humanos possuindo como diferenças, uma glândula pineal maior que os dos humanos, e dois pequenos chifres (por isso o nome Dicornius), cabelos rosados e olhos vermelhos. Ah sim, e são todas do sexo feminino.
Por causa de sua glândula super desenvolvida, elas possuem a habilidade de telecinese; tubos (ou braços) invisíveis que possuem força física absurda, chamado de Vectors e a quantidade/alcance em cada Dicornius pode variar de 2 até 26 vectors e de 2 até 15 metros, (bem overpower como vocês ver). Os Dicornius nascem a partir de humanos normais,que tiveram seu cérebro em contato com os Vectors de algum outro Dicornius.

Lucy e seus vetores (vectors)

A história começa quando a Dicornius rainha e protagonista principal da série, chamada de Lucy escapa do laboratório onde várias outras de sua espécie são mantidas como cobaias. Durante a fuga, Lucy é acertada de raspão por um tiro de bala calibre .50 na cabeça e cai no mar. O tiro acaba causando um dano em sua região cerebral criando uma dupla personalidade, que fica conhecida como Nyu, já que quando nessa personalidade é a única palavra que Lucy é capaz de dizer. Quando no "estado Nyu", Lucy é extremamente brincalhona e carismática, agindo com certa semelhança à uma criança.
Lucy é encontrada em uma praia pelo protagonista masculino da série, Kouta, Ele resgata Lucy e a leva pra casa, e assim o trama se desenrola.

A adaptação de mangá para anime foi feita pelo estúdio ARMS (Queen's Blade) em Julho de 2004, e como eu disse logo no início, existem divergências entre os materiais, desde a história, até o design dos personagens. Porém, como o mangá não estava terminado, o diretor, criador e estúdio acharam melhor seguir com uma história original. E felizmente deu certo.



Elfen lied tem um trama bem executado, com bons clímaxs, além de um drama muito forte e personagens bem desenvolvidos, principalmente os dicornius, onde você percebe por tudo que elas passaram e passam, sendo torturadas, como cobaias para diversos experimentos, e ter seu foco voltado como armas de guerra.  Isso acaba criando uma certa empatia com elas (ou pelo menos com alguma delas), se assim posso dizer.

Mas, o que realmente chama atenção são as cenas de gore - Multilações, decaptações, e mais tantas outras variações de mortes são a característica da série, e provavelmente essa a razão de ficar tão famosa. Isso acaba sendo um ponto tanto positivo e negativo, pois pode atrair muitas pessoas só pela curiosidade (ou que realmente curtem gore), e negativo que pode acabar afastando os fãs mais causais, e também deixando a história em segundo plano em alguns momentos.

A trilha sonora é um destaque, OSTs que influenciam muito nas cenas, principalmente nas de drama. Outro ponto também fica para a abertura, sendo cantada em Latim e fazendo referências a versos da Bíblia, também é espetacular. Abaixo a abertura:



A animação é muito boa, os cenários são belíssimos, os personagens com bons traços, as cenas de ação são bem animadas e correm sem falhas. Até as cenas de gore são bem feitas (e sem censura). De fato o estúdio é acostumado a trabalhar com esse tipo de obra, porém ele se superou na época com Elfen Lied.



Sinceramente, não sei qual ganharia

Resumo da Obra: Elfen Lied é recomendado para qualquer fã de anime em geral, principalmente para os que prezam uma boa história. Os personagens possuem uma boa empatia, a emoção transmitida é muito forte e ainda por cima possui uma abertura sensacional. A animação é outro ponto forte, para um anime de 13 anos atrás, Elfen Lied era praticamente uma obra de arte. O gore é algo pessoal, há que vem vá gostar, e quem não. Outro ponto são diferenças entre o mangá e o anime, são grandes, e portanto é recomendado ler e assistir, principalmente quem gostou da obra (não façam igual eu). Lembrando que o Anime/Mangá são recomendados apenas para maiores de 18 anos pela nudez intensa e violência.

Pontos Positivos:
  • História bem desenvolvida.
  • Personagens (principalmente os Dicornius) são carismáticos.
  • Trilha sonora é muito boa.
  • Animação e traços muito bem feitos.


Pontos Negativos:
  • O gore em excesso acaba deixando a história em segundo plano várias vezes. Principalmente para espectadores casuais.



Nota: 9/10


E ai, gostaram? Acharam ruim? Sentiram que faltou algo? Qualquer elogio, crítica e sugestão é sempre bem vinda!

0 Comentários para "+REVIEW - Elfen Lied"