+REVIEW - Date a Live + Filme

14:00 0
Terremotos espaciais e espíritos perdidos?


Terremotos espaciais e espíritos perdidos?


**** Postagem reutilizada e revisada - Originalmente lançada em 09/07/15 ****  

Opa, galera! Tudo certo?

O post do momento será a Light Novel que acabou originando um famoso anime. Date a Live!

Date a Live é uma obra no estilo Ação/Harem, e foi criado por Kōshi Tachibana e lançado em formato de LN em 19 de Março de 2011 e continua em lançamento. As adaptações em animes foram lançadas em 22 de Junho de 2013 (1ª Temp) com doze episódios, pelo estúdio AIC PLUS+, e 14 de Junho de 2014 (2ª Temp) com dez episódios, pelo estúdio Production IMS, além do filme, lançado em 22 de Agosto de 2015, também por esse estúdio. Alguns OVAs também foram lançados durante e após o anime para o Fan Service.

Eu infelizmente eu só pude assistir o Anime, mas a história segue fielmente até a LN até certo ponto. Ai você talvez pergunte, "como assim até certo ponto?". Bem, o anime terminou antes da história onde a LN se encerra, e com final aberto!. Então sem mais delongas, vamos a história!

Date a Live conta a história de um garoto chamado Shido Itsuka que tenta viver seus dias normais de colégial após a humanidade sofrer uma perda de cerca de 150 milhões de pessoas na Eurasia há 30 anos atrás causada por um gigantesco terremoto espacial (É isso mesmo, calma). Terremotos espaciais, na verdade são buracos negros que surgem sem uma suposta explicação e destroem tudo o que estiverem em seu alcance.
 O Japão, é a região habitável onde mais ocorrem esses terremotos, e por isso todas as cidades são preparadas para quando outro terremoto voltar a ocorrer, os prédios, trens, casas, etc se recolhem para baixo da terra com intuito de evitar maiores danos (no melhor estilo Evangelion).

Principais personagens de Date a Live

A história realmente começa quando Shido promete para sua preciosa irmãzinha chamada Kotori que a encontraria na entrada de um restaurante/lanchonete, independente do que aconteça (é meio avulso, eu sei, mas resumindo é isso que acontece na introdução), mesmo que ocorra um terremoto espacial (nada é mais importante que comida para essa garota aparentemente). Por ironia do destino um terremoto espacial acontece e Shido resolve detectar se Kotori localizou um abrigo, utilizando seu celular. Para sua surpresa e desespero, Kotori ainda estava no local prometido, como o celular indicava. Shido, sem pensar duas vezes, vai atrás da irmã quando uma grande explosão acontece na sua frente. Ele percebe que há uma garota entre os escombros, com uma espada em suas mãos, e com um olhar triste, como se estivesse pedindo ajuda. Essa garota na verdade é um "espírito perdido" que acaba vindo do terremoto espacial. E assim o enredo de Date a Live se desenrola.

Date Live é um anime clichê no melhor estilo ecchi/harém com ação, com aquele clássico protagonista overpowered que conquista o coração de N garotas ao longo da obra. Porém, mesmo com um mercado já saturado com obras desse estilo, ele fez sucesso, principalmente por causa dos personagens carismáticos, que caíram na graça dos fãs do gênero (principalmente a anti-heroína).


A história também pode-se considerar aquele "mesmo clichê de sempre": Um herói, várias garotas extremamente poderosas e um "vilão" final que deve ser derrotado, e ao longo disso, várias cenas de comédia, eechi e um pequeno drama preenchem os episódios. Lembrem-se é um anime focado em um nicho específico, então não necessiariamente significa que é um anime ruim ou sem criatividade, na verdade é o contrário, Date a Live tem vários clichês sim, mas o utiliza de maneiras diferentes da maioria.

Como eu disse acima os personagens são muito carismáticos (até o protagonista!), nenhum é mal trabalhado, e possuem suas características e poderes específicos, e não demora até você escolher um(a) como favorito(a). Alguns são extremamente emblemáticos e marcantes.



Sobre a animação de Date a Live, ela flui muito bem, e não possui erros de traços ou animações. O que é surpreendente em uma obra que teve dois estúdios e diferentes pessoas trabalhando na obra. Algumas cenas são bem bonitas, principalmente quando focada nos "espíritos perdidos"

Talvez o que seja a "cereja do bolo" são as aberturas de ambas as temporadas. Com uma narradora dando um "brief" da história, além da própria música ser do c#@r%o, na minha opinião claro. O resto a OST tem o padrão de um anime desse gênero: Com encerramentos mais descontraídos, e bons sons de J-rock nas cenas de ação,e belas músicas lentas nas de drama. Abaixo as aberturas em vídeo:





FILME - Date a Live: Mayuri Judgement



Como informado lá no início, Date a Live recebeu um filme em Agosto de 2015, com o subtítulo de Mayuri Judgement. Não há muito o que comentar sobre a história porque ela é diretamente ligada com os eventos do anime, então acarretaria spoilers a vocês. Mas, basicamente é mais uma missão para Shido salvar as espíritos. Além de uma nova personagem existir no filme (quem será ein?).

De resto, tudo dentro do mesmo padrões dos animes, com os mesmos personagens, uma boa animação, até melhor que o anime, já que se trata de um filme, e uma excelente OST (apesar da história ser basicamente a mesma coisa, serviria tranquilamente de um episódio extra ao invés de um filme).



Resumo da Obra: Com uma história bem contada e personagens marcantes, Date a Live é recomendado para qualquer fã de para animes nesse estilo de ação com harém. Não há uma história brilhante, e a adaptação em anime peca por ter deixado um final aberto (mesmo com o filme), além da história se manter basicamente a mesma. A animação é muito boa, os personagens são excelentes e a trilha sonora brilha em momentos certos.

Pontos Positivos:
  • Boa animação
  • Personagens carismáticos
  • Bela trilha sonora

Pontos Negativos:
  • O trama é incompleto, sendo necessário que procurar a Light Novel para ver toda história.
  • O filme não agrega praticamente nada na história. Foi feito pelo dinheiro, infelizmente.
  • A história tem muitos clichês.


Notas:

1ª Temporada: 8,5/10
2ª Temporada: 8,2/10
Filme: 7,3/10

Geral: 8/10

E aí, gostaram? Acharam ruim? Sentiram que faltou algo? Qualquer elogio, crítica e sugestão é sempre bem vinda!

0 Comentários para "+REVIEW - Date a Live + Filme"