+REVIEW - The Breaker

10:00 0
A primeira parte do famoso mangá coreano, THE BREAKER

A primeira parte do famoso mangá coreano, THE BREAKER




Nesta review estarei cobrindo somente a primeira parte da obra de Geuk-Jin Jeon The Breaker. Falarei sobre The Breaker New Waves em uma próxima review.



Características Técnicas

The Breaker é um Manhwa coreano e começou a ser serializado no dia 31 Agosto de 2007 e teve seu último capítulo lançado no dia 27 de Julho de 2010. Até hoje a obra não conta com nenhuma adaptação televisiva.

Mini Resumo (Sem Spoiler)

A história de The Breaker começa quando um professor substituto, Chun-Woo, é introduzido na vida de nosso personagem principal, Yi Shi-Woon.

Shi-Woon é vítima de um pesado bullying em sua escola e muitas vezes até cogitou em tirar sua própria, entretanto, isso muda quando ele vê seu novo professor de inglês lutando contra três pessoas sozinho e vencendo sem dificuldades. Daí em diante, ele pede para o seu professor lhe ensinar a lutar, e a historia começa a se desenvolver desse ponto.



Características da história

A primeira parte de The Breaker, tem uma pegada mais leve, o seu começo de apresentação de personagens é bem divertido e faz com que você construa uma relação com os personagens secundários, porém, também no começo, o personagem principal é... Chato! E ele só será desenvolvido como um bom protagonista, do meio pro final de The Breaker. Como essa não é uma review do The Breaker New Waves, eu não posso comentar sobre as ótimas evoluções de caráter e desenvolvimento pessoal que ele terá.

Como vocês já sabem, Sonlux é sinômino de Shounen, então sim: Poderes, Personagem principal extremamente focado e forças que vem do além para vencer a luta. Contudo, The Breaker possui uma história apaixonante e belamente escrita e desenvolvida, o qual aquele que vos escreve relê 2x ao ano pelo menos, religiosamente.



Personagens

Os personagens de The Breaker são bem padrões Shounen, o Mestre super poderoso, a gostosona, amiga/Interesse amoroso e organização do mal. Porém, TODOS eles são bem construídos o que faz você se importar até com os membros da tal organização vilã, coisa que alguns shounens atuais acabam pecando, vide My Hero Academia.

Uma coisa muito atraente em The Breaker é que todos eles são bem desenhados e qualidade do design de cada personagem, com proporções e anatomias mais realistas (Dentro dos parâmetros de um mangá ou Manhwa).

E por fim, diferentemente de outras obras, The Breaker consegue trazer um equilíbrio entre personagens principais, Secúndarios e antagonistas, fazendo com que, nenhum personagem fique saturado.


Sagas

The Breaker é relativemente curto, com somente 72 capítulos, portanto, é quase como se a obra tivesse somente um grande arco, então não existem sagas de vilões diferentes ou "descartáveis" focando em construção de personagem e base para história. Na minha opinão The Breaker foi útilizado somente para um prologo de The Breaker New Waves.




Conclusão

Como um amante da obra e leitor assíduo, eu tendo a ser imparcial. porém, até como amante da obra, sou obrigado a destacar alguns contras: Por exemplo: O ecchi/Fã Service exagerados ao estilo Fairy Tail e não vá achando que o Ecchi melhore no New Waves, ele só aumenta!

Lembrando que isso não atrapalha a obra, só é... exagerado, ainda assim, recomendo fortemente a leitura.


Pontos Positivos

  • Ótimas construção de personagens
  • Boa história para um shounen
  • Objetivo
  • Divertido


Pontos Negativos

  • Personagem Principal fraco no começo
  • Ecchi exagerado (Ponto negativo pessoal)
  • Curto



Nota: 9.0



E ai, gostaram? Acharam ruim? Sentiram que faltou algo? Qualquer elogio, crítica e sugestão é sempre bem vinda!











0 Comentários para "+REVIEW - The Breaker"