+REVIEW - Neon Genesis Evangelion + Filmes

20:00 1
A vangloriada obra finalmente chega para um review completo.
A vangloriada obra finalmente chega para um review completo.




 **** Postagem revisada - Lançado originalmente em 14/07/15 ***


Antes de tudo! A história é um pouco grande, então fique confortável e pegue algo para beber e/ou comer.  Também fique ciente que mangá, anime e filmes são levados em consideração do review dessa obra.

Neon Genesis Evangelion foi criado por Yoshiyuki Sadamoto e lançado como mangá no final de 1994, ganhando uma adaptação para anime em 1995 pela famosa produtora Gainax, famosa por vários animes icônicos lançados, incluindo Evangelion. A história se passa em 2015 contando a vida da humanidade após 15 anos (2000) de um evento que dizimou grande parte da vida existente na Terra, chamado de "Segundo Impacto", que causou consequências catastróficas a Terra, e obviamente a vida em geral.
Porém, a humanidade ainda vive o medo de enfrentar um "Terceiro Impacto" que com certeza acarretaria a extinção da vida na Terra, pois a mesma está sendo atacada por anjos (com uma aparência bem curiosa, diga-se de passagem) que estão despertando de acordo com os "Manuscritos do Mar Morto", e que tem como objetivo aniquilar a atual vida na Terra para recomeçar um novo mundo usando a "chave" que os humanos tem posse.

O terceiro anjo, Sachiel.

Como medida para evitar um terceiro impacto, vários países se juntam para criar uma organização chamada NERV (Nervo, em alemão), e acaba desenvolvendo os chamados Evangelions, que são mechas biológicas gigantes com força e poder igual e/ou superior aos dos anjos, sendo a última chance de sobrevivência da humanidade.
Porém os Evangelions não podem ser pilotados por qualquer um. Sendo necessário uma relação específica entre Evangelion e o piloto, também não podendo ser adulto. Ou seja, no máximo adolescentes podem pilotar os EVAs. É ai que os 4 protagonistas (problemáticos) entram em cena.

A primeira e mais veterana de todas é Rei Ayanami - Frequenta os esquadrões da NERV desde pequena. Rei é piloto da Unidade 00, possui uma personalidade extremamente fria, e sempre atende as ordens que lhe foram passadas sem questionar, não importando seu estado físico ou mental, e muito menos os de seus companheiros. Talvez por isso Rei tenha uma legião considerável de fãs por seu comportamento pacato e insensível (japoneses e seus problemas).

A segunda é mais esquentada e badass da série, e também minha personagem favorita. Seu nome é Asuka Langley Soryu. Ela é possui origem japonesa, americana e alemã (nasceu no Japão, sua mãe é alemã e seu pai americano). Sua personalidade forte vem dos traumas que sofreu na infância, e prometeu a si mesmo que nunca mais seria fraca, ou se rebaixaria a alguém. Ela pilota a unidade 02, a primeira unidade de produção, já que as unidades 00 e 01 são protótipos.


Asuka em 3 estágios de sua vida, Atrás o Eva 02.

Falando de Unidade 01, seu piloto, e também protagonista principal da série é Shinji Ikari. Tendo uma personalidade muito passiva, sem sal, medroso e calado. Porém, tudo isso vai evoluindo durante a série, assim como os outros pilotos. Sua personalidade também é reflexo da sua infância, quando foi abandonado pelo seu pai, comandante da NERV, Gendo Ikari após a morte da sua esposa e mãe de Shinji. Ele acaba morando, vivendo e crescendo praticamente sozinho por anos, até ser chamado por pela NERV a pedido do seu pai para ser o piloto da Unidade 01.
Shinji é de longe um dos personagens mais odiados da história, você pode procurar listas pela Internet, e a chance dele estar incluso nela é de no mínimo 95%. Ele faz sua fama pela quantidade de erros feitos, sua personalidade irritante, e uma tal cena, que eu me nego a comentar sobre aqui (você vai ter que ver se ficou curioso). Graças a ele também vem o "BOOM" de personagens medrosos, fracos e/ou tímidos como protagonistas, que aos poucos vão evoluindo na série. OBRIGADO SHINJI!

Shinji animado com a próxima missão

É ai que entra a última, porém não menos importante, a capitã e coordenadora do projeto EVA, Misato Katsuragi. Possui uma personalidade gentil, sendo despreocupada e relaxada quando fora do papel de comandante. Quando em serviço, possui autoridade e pulso forte o suficiente para controlar o projeto EVA e seus pilotos, realmente parecendo outra pessoa. Misato entrou para a NERV após sobreviver ao "Segundo Impacto" sendo salva por seu pai, que durante toda a infância de sua filha nunca à deu muita atenção, semelhante ao caso de Shinji. Misato acaba sendo extremamente carismática por essa "dupla personalidade", e junto com os outros 3, normalmente está na lista dos personagens mais marcantes da história dos animes/mangás.

Asuka, Shinji, Rei e atrás EVA 01

Neon Genesis Evangelion foi revolucionário na sua época, pela história bem diferente, o drama com os personagens, e os problemas que meros adolescentes já enfrentaram e tem de enfrentar para salvar o mundo. A história é muito bem contada (exceto pelo final, no caso do anime) porém necessário que se preste atenção para não perder os detalhes. Também flui de uma maneira interessante, mostrando a evolução dos protagonistas e possui algumas boas cenas de ação, e várias de drama. Alguns personagens são muito carismáticos (Katsuragi), enquanto outros muito antipáticos (Shinji), mas mesmo assim ganhando sua fama e virando referência para as obras atuais.

A trilha sonora, é impecável. Isso serve para TODOS os Evangelions, com destaque para a abertura do primeiro Evangelion, a música "A Cruel Angel's Thesis", de Yoko Takahashi, que provavelmente você já a ouviu em algum lugar, mesmo nunca tendo visto ou escutado falar sobre Evangelion. Essa música é tão famosa, que até hoje estampa entre as mais tocadas nos karaokês do Japão, e já recebeu inúmeras adaptações.

 Versão ao vivo da música, cantada por Yoko.


Lembram-se do que eu disse mais acima que o anime do Evangelion seguir fielmente o mangá, exceto pelos últimos episódios? Pois é, na reta final começam a existir algumas diferenças, e até ai tudo bem, já que se trata de uma adaptação, e alterações podem surgir. Porém chega o episódio final, e você no mínimo tende a ficar sem reação, por não entender um segundo sequer do que se trata aquilo. Esse episódio não explica o final, ou põe um fim a obra, ou da continuidade. Nada, nada... NADA faz sentido ali. Simplesmente é um episódio onde várias partes dos outros episódios vão aparecendo na tela como um compilado, com mensagens aleatórias, enquanto você tenta se manter são para não duvidar que está drogado. 
Mesmo para os grandes fãs de Evangelion, não tinha como negar que aquele último episódio no mínimo "manchou" o resto da obra. Tendo ciência disso, em Julho de 1997 foi lançado o filme "The End of Evangelion", também produzido pela Gainax, contando a parte final fielmente igual a história do mangá. E o resultado? Sucesso absoluto ganhando notas altíssimas nas reviews e críticas japonesas e mundiais da época.

Sua reação ao ver o final da série.

Um pouco antes, em Março de 1997 também foi lançado o filme Evangelion: Death and Rebirth, que dividia o trama em duas partes. Death, que era cerca de 70 minutos resumidos dos 24 episódios da série em forma de Clip-Show. E Rebirth, que consistia em 27 minutos de animação inéditos que seria um espécie de preview para o filme de The End of Evangelion que seria lançado alguns meses depois.

Em 2007 foi lançado o primeiro filme que marca o "reboot" da série, chamada de "Rebuild of Evangelion". O primeiro filme, tendo subtítulo de "1.11 - You are (not) Alone", a história é bem parecida com os primeiros episódios da série original, explicando início da saga, quando segue um rumo totalmente diferente no segundo filme, chamado de "2.22 - You Can (Not) Advance" lançado em 2009, e o terceiro, "3.33 - You Can (Not) Redo", lançado em 2012.

A animação e detalhes do filme é bem feita

A história segue a qualidade da série original, porém com mais melhorias, menos foco no drama e mais na ação e sendo mais dinâmico, e, por mais que seja diferente da original, (por ser um reboot), possui um enredo excelente, uma melhoria considerável nos personagens originais (principalmente no Shinki) e também uma nova personagem principal é adicionada. Seu nome é Mari Makinami Illustrious, e fez bastante sucesso por sua característica no mínimo agressiva, sua possessividade por cheiros (sim, você não entendeu errado) e sem pensar muito nas suas ações enquanto pilota o EVA. Mari (como é apelidada) é a piloto da Unidades 05 e 08.

O quarto e último filme da Quadrilogia foi anunciado logo após o final do terceiro lançado em 2012, porém até hoje nenhuma data de lançamento oficial foi anunciada.

Os personagens principais dos Filmes Rebuild


PS1: há outros personagens que eu não comentei de PROPÓSITO, porque somente comentá-los acabaria acarretando em um spoiler.

PS2: É extremamente recomendado assistir esses filmes após assistir a série ou ler o mangá.

Resumo da Obra: Evangelion é o típico ame ou odeie, não há como ter meio termo. Possui uma história muito bem construída, um drama bem forte, cenas de ação consideráveis, e um grande desenvolvimento de personagens, além de serem marcantes. Porém esses mesmos lados bons, também são seu calcanhar de Aquiles. A história pode ser complexa demais para alguns (ignorando o episódio final do anime), o drama é excessivo em algumas partes, a ponto de dar raiva. Você sente falta de batalhas em alguns momentos, (compensado nos filmes), os personagens tem tanta influência ao espectador/leitor, que são suficientes para que odeie obra inteira só por causa dele (vide o personagem Shinji).

Pontos Positivos:
  • História muito boa.
  • Personagens carismáticos.
  • Trilha sonora excelente.
  • Reboot com filmes foi muito bem feito e deu certo.

Pontos Negativos:
  • História muito boa, porém complexa para alguns.
  • A Influência com os personagens mais "odiados", acabam afetando a obra em geral.
  • Animação mediana (anime).
  • Death and Rebirth não agrega nada a obra, nem com o conteúdo "inédito".
  • Final do anime é absolutamente sem sentido.

Notas:

Neon Genesis Evangelion - 8,5/10
Evangelion: Death and Rebirth - 6/10
The End of Evangelion - 9/10
Rebuild of Evangelion (3 Filmes) - 8,5/10

Geral: 8/10


E ai, gostaram? Acharam ruim?  Sentiram que faltou algo? Qualquer elogio, crítica e sugestão é sempre bem vinda!

1 Comentário para "+REVIEW - Neon Genesis Evangelion + Filmes"

avatar

Esse anime mudou minha forma de viver...